Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Ter | 12.12.17

Algures em 2011 escrevi isto... longe de imaginar o que aconteceria!

Palavra de Bailarina
Lembro-me que em 2011, num momento de conversa com uma pessoa que, neste momento, já não faz parte da minha vida, escrevi isto que vos deixarei ler a seguir. Escrevi aquilo que é como que uma lista dos meus desejos e sonhos. Lembro-me de partilhar este texto com essa pessoa e dizer-lhe que queria deixar tudo registado e reler, ao acaso, anos depois, para ver o que mudava ou o que tinha conseguido concretizar. Apesar de ter sido escrido com o coração, nunca mais me lembrei disto. E (...)
Ter | 05.12.17

Sobre o Lançamento do meu segundo livro

Palavra de Bailarina
Passadas estas duas semanas de pura loucura (e começo a achar que, se pesquisar, "loucura" será a palavra mais utilizada neste blog) posso finalmente respirar um pouco e vir cá dizer-vos que o lançamento do livro "Mica traquina e a nova amiga bailarina" foi este Sábado que passou. Contou com cerca de 200 pessoas (para quem se pergunta, para o lançamento de um livro infantil, a meu ver, é só extraordinário) e rebentou com as costuras do auditório da Biblioteca Municipal Bento de (...)
Seg | 20.11.17

Deixar o espírito natalício entrar devagarinho - as minhas escolhas "La Redoute"

Palavra de Bailarina
Eu também sou daquelas que adora o Natal ao ponto de não me importar nada de começar a ver ruas iluminadas, árvores decoradas ou as lojas já no espírito lá para o meio do mês de Novembro. Mas contenho-me sempre um bocadinho... "ainda pensam que sou maluca", é sempre o que acho. No entanto, este ano acho que tenho de me deixar de tretas e deixar o espírito natalício entrar de vez... toda a gente anda a montar a árvore de Natal e a tirar fotografias à imensidão de luzes na rua (...)
Dom | 12.11.17

OOTD - Vibes de Outono

Palavra de Bailarina
F-i-n-a-l-m-e-n-t-e chegou o Outono e tudo o que verdadeiramente o representa. Este ano demorou, mas veio. E por isso resolvi inspirar-me nele para ir fotografar este conjunto que adoro. Sei que arrisco um pouco ao combinar os tons terra com o casaco cor de rosa claro, mas vá... é tudo uma questão de perspetiva, e eu, que até nem sou de arriscar muito na roupa (principalmente nas épocas mais frias do ano), tenho tendência a fazê-lo de vez em quando. Ás vezes os resultados amam-se (...)
Dom | 05.11.17

Os dias em que nos sentimos pequenos (e aqui, os metros pouco importam) - PALAVRAS DANÇADAS #6

Palavra de Bailarina
 Há dias em que acordamos e se faz um clique feio e asqueroso na nossa cabeça. Damos por nós a tentar perceber qual o exato momento em que esse clique se dá. Será assim que adormecemos? A meio das nossas horas de sono? Imediatamente quando acordamos? Qual será o instante exato em que a nossa cabeça é formatada para pensar: “Hoje vais sentir-te uma bosta”?Continuo sem uma conclusão, mas acontece. E acontece de tal modo que sentimos que seríamos pessoas mais produtivas se (...)