Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Ter | 25.01.11

What tha hell -.-'

Mas quem foi o MOTHER FUCKER que inventou o Dia de Defesa Nacional?
Já nem digo "quem foi o que obrigou as mulheres a irem também", porque isso seria muito sexista da minha parte e acho que as mulheres devem ter os mesmos direitos que os Homens, mas quer-se dizer, o próprio dia em si é muito ESTÚPIDO, porque vão para lá falar-me dos direitos do Homem, da liberdade de expressão, da honra de defender voluntariamente o país, mas esquecem-se que entre esse Bla bla bla todo sobre liberdade, honra e prestígio, OBRIGARAM-ME A LÁ ESTAR!
De abuso numa data específica e com 8 horas de "puro entretenimento" definidas.
Vão mas é todos cagar no mato (neste caso, deve ser kind of literalmente), eu praticamente cresci na tropa, foram muitos os dias que bebi o biberon no Quartel, muitas as noites que dormi ao lado do Senhor Superior meu pai, muitas as refeições que comi nos aposentos de sua senhoria e muitas as tardes que joguei raquetes com os "senhores tropeiros" nos seus campos de exercício. Este dia não me vai mostrar nada que já não tenha visto.
Mas enfim... a bem ou a mal, amanhã lá vou eu para Alfeite com tudo o que é Moitenses e Alhos Vedrenses (de abuso vou com todo um mar de azeiteiros e bandidos!)
E infeliz aquele que me vier perguntar o que achei!
A resposta? Palhaçada.
Ou na pior das hipóteses, se me tiverem chateado assim mesmo muuuito durante o dia, pode ser que me saia com um "VIVA Salazar!"