Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Dom | 27.10.13

Cunhado nº4

Na passada quinta-feira, o meu namorado ganhou mais um irmão! Não me vou pôr aqui com grandes " bla bla blas" em relação à sua vida familiar, mas é de salientar que acho super fofinho que aos 26 anos ele tenha a oportunidade de ver nascer outro membro da sua família que, apesar de não morar na sua casa, lhe será sempre tão próximo (nem que seja pelo mesmo sangue que partilham).
E eu que sou doida por bebés (nenhuma novidade), tenho achado um máximo poder dizer que "nasceu o meu cunhado" (apesar de ter mais três, nenhum deles nasceu comigo por perto para presenciá-lo).

Moving on, hoje fomos conhecer o pequeno G. É tão mini, mini, mini! REALLY mini, nunca vi um bebé a nascer com o tempo total de gestação tão pequenino. Quando ouvi as palavras mágicas da madrasta do João: "Queres pegar?" foi o delírio total e lá estive sentada uma mão-cheia de tempo com o G no colo, a embalá-lo e a comparar feições com as do meu namorado e dos restantes irmãos. O meu sogro disse logo "Ahhh fica-te bem! Agora quero um neto!" ao que eu e o João respondemos prontamente que para já, não há cá disso. No entanto, quando passei o meu cunhado ao meu namorado (epa, isto é tão estranho de se dizer), fiquei completamente enternecida a vê-lo a pegar no seu irmão e imaginei, por uns irracionais micro nanosegundos, que aquela miniatura era nossa (a pancada passou-me rápido, nada temam).

Meu amor, vais ser o pai mais lindo deste planeta, disso não restam dúvidas. Até lá, não te ficas atrás no papel de irmão ;)