Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Ter | 05.05.15

"O que há em mim é sobretudo cansaço..."

Já dizia Álvaro de Campos, um dos heterónimos de Fernando Pessoa, que "O que há em mim é sobretudo cansaço (...)". Ando desaparecida porque ando atarefada, porque ando de rastos, porque já não sei para que lado me hei de virar e porque, assim sendo, não surge inspiração para escrever nem sequer uma frase que faça sentido. Eu avisei que iría ser assim. Ao menos, não foi surpresa nenhuma para ninguém (e muito menos para mim). 

Tenho tido dias melhores, e outros piores. Dias como o de ontem, em que até estava de folga mas a minha cabeça não parava de funcionar, quase como que por se sentir "culpada" por estar durante um dia sem fazer nada, tendo tanta coisa para fazer, ensaiar e resolver; Dias como o de Sábado passado, em que nada correu bem, em que dei aulas a pensar de 5 em 5 minutos como aguentava mais um segundo, em que tive ensaios onde tive de admitir à coreógrafa que não ia conseguir decorar nem mais um passo (e dias como este fazem-me sentir totalmente derrotada).

Mas depois há dias como os de hoje... em que acordei ao lado do mais-que-tudo, em que almocei com ele e em que, antes de iniciar outra semana, fui beber um café e comer um gelado na sua companhia, com vista para a praia, com o barulho dos pássaros em total euforia a fazer os seus ninhos, anunciando assim a Primavera (apesar deste tempo estúpido). Respirei fundo e fui dar aulas a crianças de três anos. Depois, a crianças do pré-escolar. E ao início da noite, a adultos. Pelo meio, tive o primeiro ensaio de um casal que irá unir-se pelo matrimónio em princípios de Junho e me contratou para fazer a sua primeira dança, com a música maravilhosa do Ed Sheeran "Thinking out loud". E foi durante este ensaio que me senti outra. Pensei para comigo "Caramba, há melhor trabalho do que este? O de espalhar a dança por todo o lado, por todas as idades, para todo o tipo de ocasiões?"

A minha Dança hoje espalhou-se pelo amor de um casal prestes a prometer o Mundo mutuamente. Hoje, a minha Dança quase me fez chorar de emoção, nos momentos em que esse casal se olhava, feliz e completo. 

Hoje, fez sentido. A maior parte das vezes faz, quando o cansaço não me vence.

Tem vencido. Mas não hoje.

 

art-blue-citat-strenght-stronger-text-47153.jpg