Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Ter | 05.12.17

Sobre o Lançamento do meu segundo livro

Palavra de Bailarina
Passadas estas duas semanas de pura loucura (e começo a achar que, se pesquisar, "loucura" será a palavra mais utilizada neste blog) posso finalmente respirar um pouco e vir cá dizer-vos que o lançamento do livro "Mica traquina e a nova amiga bailarina" foi este Sábado que passou. Contou com cerca de 200 pessoas (para quem se pergunta, para o lançamento de um livro infantil, a meu ver, é só extraordinário) e rebentou com as costuras do auditório da Biblioteca Municipal Bento de (...)
Sab | 21.10.17

Ser professor que pensa fora da caixa (um desabafo com verdade)

Palavra de Bailarina
Há medida que vamos crescendo e, por acaso, nos tornamos professores (seja do ensino regular, seja como no meu específico caso, de dança) vamos fazendo involuntariamente uma retrospetiva de como foram (ou quem foram) os nossos professores no passado. Há medida que nos vão ensinando sobre pedagogias específicas, que vamos aprendendo um pouco mais de psicologia ou interiorizando estratégias de ensino-aprendizagem, começamos inevitavelmente a pensar “quem era bom professor e quem (...)
Qui | 10.08.17

O espetáculo "Aladino de outras histórias" (finalmente venho falar dele!)

Palavra de Bailarina
Muito prometi e fui deixando passar. A verdade é que também estava à espera das maravilhosas fotografias tiradas pelos fotógrafos requisitados, da João Nogueira Photography .Tal como a seguir ao espetáculo da "Cinderela de outras histórias", o primeiro que fiz desta dimensão, as palavras têm dificuldade em sair-me para o teclado sobre o "Aladino", correndo o risco de não fazerem justiça a toda a intensidade e orgulho sentido.A verdade é que, como já escrevi aqui anteriormente, Maio e Junho não foram meses nada fáceis. Juntaram-se algumas tragédias pessoais, a muito trabalho a nível académico e também muita pressão a nível profissional. Sabia que tanto eu como (...)
Dom | 28.05.17

Oh tempo... não sei se quero que fiques ou que vás

Palavra de Bailarina
O Tempo está chateado comigo, e com razão. Cá para os meus botões (e para ele) tenho sussurrado baixinho dois pedidos contraditórios. O primeiro é: “por favor, passa depressa”. Estou ansiosa por pôr em palco o espetáculo “Aladino de outras histórias”, mostrar outro grande projeto em que coloquei toda a alma e coração, e fazer os meus póneis brilharem, e respirar de alívio por ter terminado, descansar um pouco deste stress constante. Por outro lado, peço ao Tempo: “ (...)
Qui | 30.03.17

Um novo "amor coreográfico" (e a razão do meu desaparecimento aqui pela barraquinha)

Palavra de Bailarina
 Já não me recordo bem em que mês é que o ano passado comecei a "panicar" a sério com o espetáculo da Cinderela, mas sei que este ano, com o "Aladino", o pânico está a iniciar praticamente em Abril. E não sei bem se lhe hei de chamar pânico ou só mesmo ansiedade. É uma vez mais uma sensação agridoce, um misto de obsessão por ver tudo pronto a ser apresentado e pena por daqui a nada já ter terminado mais uma jornada maravilhosa. Estes espetáculos que crio em conjunto com (...)