Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Ter | 03.03.15

Yoga & Dance

Yoga&dance cartaz.jpg

 

Este foi um desafio que me foi lançado recentemente e que resolvi aceitar porque tinha algumas pessoas conhecidas a perguntar-me onde dava aulas a crianças a partir dos 3 anos. E eu, na realidade, não tinha um local aberto ao público para tal (apenas escolas/colégios). Além disso, queria estrear-me ainda este ano letivo como Professora de Yoga para crianças, uma vez que me tornei certificada em Dezembro.

Hoje foi a aula aberta para este tal novo desafio. Posso dizer que foi algo caricato em alguns sentidos: em primeiro lugar, como a modalidade será um dia por semana Dança e outro Yoga, tive de estruturar uma aula aberta de 45 minutos que abordasse um pouco das duas áreas, o que foi uma aventura... e em segundo lugar, digamos que não estava à espera de ter tantas crianças a participar! Contei 22 entre os 4 e os 6 anos. Escusado será dizer que vê-las entrar uma a uma me fez transpirar por todos os lados!! Ser professora de Dança é um hábito para mim, mas ter a primeira experiência como professora de Yoga com 21 crianças é obra! Para minha felicidade, correu muuuuito bem!! Algumas já me conheciam de "outros ensinos" e estavam numa de "a professora É MINHA"; tive outros que não quiseram fazer de início mas que consegui levar para dentro da sala comigo sem pais e que, a meio, quiseram juntar-se aos restantes; tirando isso, nada de mais... consegui levar todas as situações inesperadas com calma e consegui fazer tudo a que me propus em 45 minutos. Até o relaxamento foi bem sucedido! Estou a modos que orgulhosa de mim. No final, fiquei a saber que não estavam presentes todas as crianças que é suposto iniciarem a atividade, pelo que não tive mesmo outra opção senão abrir duas turmas! No final perguntei às crianças qual o momento que mais gostaram da aula, passando uma a uma a minha "chave da partilha", que vão metendo ao pescoço para responder. Recebi respostas deliciosas e todos ficaram "de peito inchado" quando lhes disse que o meu momento preferido foi ter conhecido tantos meninos fantásticos !

Hoje, durmo de coração cheio <3

Pág. 3/3