Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Qui | 31.05.12

No words

Pouco tenho a dizer em relação a ontem. Quem não esteve lá, quem não fez parte, nunca vai entender por mais que eu tente encontrar as palavras certas. Foi mágico. Foi mais um daqueles dias que me dá certezas de que é isto que eu quero fazer o resto da minha vida. Claro que as pessoas com quem partilhei a noite (tanto o palco, como os que estiveram nas bancadas a apoiar-me) fizeram com que tudo isto se tornasse mais especial ainda. Obrigado a todos, MESMO. Aos nossos caloirinhos, que orgulharam os veteranos; às familias e amigos que nos foram ver, que se mantêm os nossos fãs nº1 e nos fazem ter força todos os dias para acreditar em nós; às nossas professoras pelo empenho e por puxarem por nós para num futuro próximo licenciarem grandes profissionais professores, bailarinos, gestores de eventos e terapeutas; e principalmente à minha turma, que é a melhor! São os meus grandes orgulhos, os meus meninos mais lindos :') Não me imaginava a dançar o que dancei ontem com mais ninguém, não da forma como o fizémos. Fomos UM só, fomos DANÇA e fomos ALMA.

Mais um ano se passou, e as estatísticas apenas demonstram uma coisa: o tempo vai passando e nós estamos cada vez melhores, como turma e como bailarinos.
Já me bate a nostalgia, e odeio senti-la. É um sentimento que me desarma completamente. Já comecei a imaginar o facto de para o ano ser o nosso ultimo ano, e de ainda por cima não estar cá convosco no primeiro semestre. Sei que compreendem (e que muitos queriam ir comigo e com as nossas outras duas meninas xD), mas mesmo assim não deixa de me custar.
Garanto-vos que no segundo semestre, no nosso último enquanto turma, vamos estar todos juntos para stressar, marrar e trabalhar mais 6 meses, para queimar as fitas, para celebrar a licenciatura que move a paixão que temos em comum, para chorarmos que nem uns loucos e para relembrarmos estes três penosos mas maravilhosos anos que passaram/passarão a correr.

Amo-vos daqui á lua «3

"A diferença entre uma turma apenas académica e uma turma académica de bailarinos é que a força que move a dos bailarinos transcende em 300% pelo facto de se tornar não apenas uma força interior, mas também uma força física, mental e principalmente uma força de CONJUNTO. Um bailarino em turma aprende muito mais rapidamente a confiar no outro, a ser justo, a debater-se com as dificuldades com garra e ambição sem passar por cima do outro, aprende a trabalhar em grupo e a desenvolver capacidades sociais que dificilmente uma turma apenas académica consegue adquirir. Aprende a expressar com o corpo os sentimentos mais banais: em vez de dois beijinhos na cara como cumprimento matinal, talvez seja mais comum um abraço ou um salto para o colo. Aprende que é necessário ser um Ser Individual, mas que o Mundo tem demasiadas estrelas para uma só constelação, e  que apesar de ser necessário brilhar, é também essencial aprender a partilhar o brilho (...)"





Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.