Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Sex | 27.11.15

Coração aquecido

Palavra de Bailarina
Quando temos alunos que já acompanhamos há mais de um ano, começamos a reparar em algumas diferenças que, em comum, têm apenas um factor: o seu crescimento (normalíssimo). Não falando apenas na evolução e na aquisição de skills técnicos e/ou criativos que fazem sentido na minha área de ensino-aprendizagem, é mais de salientar o facto de mudarem o tipo de conversa que têm comigo e com os amigos; o facto de já não serem tão de abraços, beijinhos e desenhos (não porque (...)
Ter | 24.11.15

"Se os dias tivessem mais 24 horas"... e se eu as aguentasse sem cair para o lado

Palavra de Bailarina
Por mais que me tente prevenir, por mais que adiante trabalho e por mais que tente manter o controlo... chega esta "época natalícia" e o novelo começa a emaranhar. O ano passado perguntava-me como raio iría conseguir chegar a todo o lado entre espetáculos de Natal, masterclasses, aulas abertas à família, indumentárias para ir buscar (e trocar, e voltar a ir buscar), autorizações para receber (posições coreográficas a mudar, a voltar, a acontecer), ensaios extra, mil (...)
Sab | 07.11.15

Outros ritmos

Palavra de Bailarina
Partilhar outras vivências e aprendizagens dentro da Dança é algo que, sempre que puder, disponibilizarei aos meus alunos. Terem contacto com outros professores de dança que não eu, com outros ritmos, outros movimentos e outras maneiras de ser não me deixa de todo a pensar que me "deixarão". Metê-los dentro de uma concha super egocêntrica de "MEUS alunos e não teus" não faria de mim, de todo, uma boa profissional. No que toca ao ensino e educação das crianças, já assisti a (...)
Qui | 05.11.15

E assim derretem o meu coração de Professora

Palavra de Bailarina
Enquanto tentava combinar uma aula extra, e a tentar saber a disponibilidade dos meus alunos, é esta a conversa que tenho com um deles (de 9 anos): Eu- Aos Sábados à tarde, tens os escuteiros?  Ele- Só às vezes, tenho é sempre de manhã. Eu- Como é que tens de manhã, se estás na aula comigo até às 10:45h? Ele- Chego atrasado aos escuteiros de propósito, para poder vir ao Hip Hop.   Em dias bons, isto já me faz derreter. Em dias menos bons (como o de ontem), juro que (...)
Sex | 30.10.15

Em modo Halloween

Palavra de Bailarina
Fico mesmo contente de ver que, de ano para ano, o Halloween vai sendo cada vez mais celebrado nas escolas, entre as famílias e com os amigos. Por alguma razão em especial? Nem por isso! Tal como há malta que acha a celebração parva e fora do contexto sem razão aparente, eu acho mesmo muito gira por nenhuma razão em especial também. Tenho um fascínio gigante pelo Halloween, pelo que podemos "temer" e ao mesmo tempo fazer-nos passar um bom bocado. Gosto do esotérico e tenho quase (...)