Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Qui | 10.08.17

O espetáculo "Aladino de outras histórias" (finalmente venho falar dele!)

Muito prometi e fui deixando passar. A verdade é que também estava à espera das maravilhosas fotografias tiradas pelos fotógrafos requisitados, da João Nogueira Photography .

Tal como a seguir ao espetáculo da "Cinderela de outras histórias", o primeiro que fiz desta dimensão, as palavras têm dificuldade em sair-me para o teclado sobre o "Aladino", correndo o risco de não fazerem justiça a toda a intensidade e orgulho sentido.

A verdade é que, como já escrevi aqui anteriormente, Maio e Junho não foram meses nada fáceis. Juntaram-se algumas tragédias pessoais, a muito trabalho a nível académico e também muita pressão a nível profissional. Sabia que tanto eu como os meus alunos tínhamos trabalhado para o espetáculo do "Aladino" com um esforço de outro mundo mas, ainda assim, a pressão que sentia era a de desiludir os presentes espectadores. De não igualar ou superar o da Cinderela. De fazer asneira no "durante", atrás ou em cima do palco, devido ao cansaço extremo.

19656913_1898595623747227_1748258707403742065_n.jp

Fotografia de Don Bellony Abel Pereira

Mas no final de contas, correu tudo como todos queríamos que corresse. Bem, fluidamente, com todas as estrelinhas alinhadas para chegar àquele momento em cima do palco e fazer-me chorar de alívio, de felicidade, de orgulho, de vê-los dançarem, trabalharem em equipa mas também divertirem-se a contar à nossa maneira uma história que vem de há tantos anos e de tão longe.

Aladino_479.jpg

Este "Aladino de outras histórias" foi mais desafiante do que a Cinderela em termos de enredo. O cuidado que tive de ter foi não o fazer cair no mesmo enredo e nos mesmos tipos de cenas em cima de palco, ainda que quisesse manter o dueto entre as personagens principais. 

Aladino_235.jpg

Aladino_247.jpg

Aladino_250.jpg

Aladino_258.jpg

Também foi mais complexo no que diz respeito aos figurinos. Uma vez que contaríamos uma história bem Oriental, queria roupas mais vivas, ainda mais brilhantes, com cores quentes, umas mais fiéis às personagens do filme da Disney e outras nem por isso. 75 alunos, e mais de 5 tipos de figurinos para muitos tipos de corpos. Muitos metros de tecido, de linha, de elástico e sabe Deus mais o quê. Senti muitas vezes que era preferível dormir na retrosaria. Não foi fácil, e irei agradecer eternamente as ajudas que tive.

Aladino_057.jpg

Aladino_062.jpg

Aladino_146.jpg

Aladino_156.jpg

Aladino_093.jpg

Aladino_384.jpg

Aladino_150.jpg

Aladino_219.jpg 

O "Aladino" foi também mais difícil a nível de coreografias. Aumentei o nível de todos os grupos e fi-los trabalharem o dobro (aos mais velhos, o triplo). Ainda tive de ter em conta as músicas de hip hop com alguns ritmos e influências orientais sem chegar ao limbo da piroseira. Creio que consegui, e eles conseguiram encarnar essas pequenas fusões nos seus passos.

Aladino_073.jpg

Aladino_086.jpg

Aladino_096.jpg

Aladino_120.jpg

Aladino_128.jpg

Aladino_145.jpg

Aladino_330.jpg

Aladino_169.jpg

Aladino_229.jpg

Aladino_408.jpg

Aladino_426.jpg

Aladino_430.jpg

Aladino_431.jpg

Aladino_474.jpg

 Aladino2017_008.jpg

Outra diferença da "Cinderela" de 2016 para o "Aladino" de 2017, é que na Cinderela eu dancei um solo enquanto passavam as fotografias tiradas aos alunos no decorrer do ano letivo, e este ano, após a passagem das fotografias terminar, dancei um solo e na mesma música dois pequenos duetos: um com a Cinderela e outro com o Príncipe. No final da coreografia "passaram o testemunho" ao Aladino e à Jasmin deste ano. O difícil foi não chorar. Não deu. Chorei, dancei e suei ao mesmo tempo. Foi um início intenso que, segundo os que assistiram, foi sem dúvida marcante. Não tinha como não o ser, uma vez que a música foi a da Mariza "Melhor de mim".

Aladino_011.jpg

Aladino_023.jpg

Aladino_025.jpg

Aladino2017_043.jpg19510542_10203078822808858_2304714213624608005_n.j

19554967_1966712033586262_9223161170922976355_n.jp

19260541_1898592273747562_328147793502613040_n.jpg

Três últimas fotografias de Don Bellony Abel Pereira

 

Foi maravilhoso e, creio eu, superou as expectativas. Qual o problema disso agora? Superar no ano seguinte. Mas é um desafio que abraço com muito entusiasmo, porque cada vez que crio estes espetáculos e vejo-os a ganhar vida graças a miúdos maravilhosos como os "meus", sempre que os sinto entusiasmados, movidos, inspirados como eu...sei que estou no sítio certo a fazer o que é certo.

19642355_1966712150252917_1496077846606193869_n.jp

Assim que acabou o espetáculo (literalmente, assim que as cortinas fecharam) muitos dos meus alunos me vieram perguntar qual seria o filme da Disney do próximo ano. Eu já sei, e já lhes contei. Para vocês que me estão a ler... aguentem-se só mais um bocadinho :) 

Deixo-vos o espetáculo na íntegra filmado, que podem visualizar neste LINK.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.