Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Seg | 26.03.18

OOTD - Monkey Urban Wear

Danço Hip Hop há bastantes anos. O que começou por ser um hobbie, rapidamente se tornou numa paixão e, num momento de insanidade e intuição, resolvi que seria a minha profissão, juntamente com os restantes estilos de dança que fossem surgindo pelo meu percurso. 

Hoje em dia é o meu trabalho a full time, e acho que tenho um "problema" em comum com quem "partilha" comigo esta área de trabalho e/ou interesse: encontrar roupa que me encha as medidas para dançar, com qualidade e sem ficar falida. 

Como já referi neste post, atualmente temos uma panóplia de opções que não tínhamos há uns anos atrás, ou pelo menos temos opções mais giras e acessíveis... até não nos podemos queixar. O problema é que as opções mais económicas nem sempre têm a qualidade necessária para quem dança ou faz desporto seis dias por semana (transpirar, "rastejar pelo chão", lavar, voltar a lavar, usar e abusar). 

Descobri a Monkey Urban Wear através de um dos locais onde trabalho. A marca nasceu na Margem Sul do Tejo, onde estudei, onde resido e onde exerço atualmente a minha atividade profissional, e encontra-se numa (constante) evolução desde que "nasceu". Comigo, foi amor à primeira vista no que diz respeito ao seu estilo predominante. A minha primeira encomenda foi precisamente a pensar: "Finalmente alguém se chega à frente para dar um pouco de autenticidade ao Urban Style em Portugal". Mas quando recebi o que encomendei, fiquei fã não só pelo estilo e pelo design, como também pela qualidade têxtil que, como já referi, é essencial para me sentir confortável e para conseguir preservar as peças muito mais tempo, mesmo com todas as "maldades" a que as sujeito.

Há uma semana atrás, tive o privilégio de ser fotografada (uma vez mais) pela Margarida Pestana a usar alguns ítens da Monkey, num tipo de sessão que é totalmente a minha praia mas que nunca tinha feito. Por vezes, e com a necessidade de fugir um pouco áquela que é a minha "rotina", deixo de parte este meu lado (tão eu e tão meu) aqui pelo blog.

Escusado será dizer que adorei o resultado final, mas este também não teria sido possível sem a pessoa que esteve literalmente ao meu lado a ser fotografado e a representar o "público" masculino, o Francisco Pinheiro, meu aluno, amigo e parceiro à altura do desafio, ao qual agradeço muito o facto de aceitar e enfrentar todos os desafios que lhe coloco, com dedicação e seriedade. (Sem palavras caras, agradeço-lhe do fundo do coração a paciência que tem para me aturar e a coragem e a fé que tem para se meter nestas coisas comigo). 

E claro, não posso deixar de agradecer à Monkey Urban Wear! Na sua página, podem encontrar todos os itens disponíveis de momento, incluindo aqueles que estamos a usar.

 

DSC_0014.jpg

 

DSC_0043.jpg

 

DSC_0064.jpg

 

DSC_0097.jpg

 

DSC_0103.jpg

 

DSC_0137.jpg

 

DSC_0166.jpg

 

DSC_0218.jpg

 

DSC_0237.jpg

 

DSC_0250.jpg

 

DSC_0264.jpg

 

 

 

DSC_0341.jpg

 

DSC_0360.jpg

 

DSC_0386.jpg

 

DSC_0485.jpg

 

DSC_0506.jpg

 

DSC_0509.jpg

 

DSC_0545.jpg

 

DSC_0575.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.