Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Qua | 18.07.18

26 lições que aprendi até aos 26 anos

Palavra de Bailarina
Ontem, dia 17 de julho, celebrei o meu 26º aniversário. Um dia muito feliz, a fazer o que mais amo e a receber a família em casa à noite. Sobre a idade que faço em específico, prefiro nem falar, porque quem me conhece já sabe... O Síndrome de Peter Pan "assombra-me" xD Os 25 anos constituíram um ano maravilhoso a todos os níveis, com muitas dificuldades e desafios ultrapassados para culminar em momentos maravilhosos. E é só uma continuidade de tudo isto que desejo no meu (...)
Seg | 17.07.17

(Re)nascer

Palavra de Bailarina
  Podia começar este post por pedir desculpa a quem gosta de ler este Blog... isto porque a minha ausência tem sido grande (enorme). Mas não o vou fazer. Porque não tenho desculpas, tenho motivos.  Não me levem a mal, não é nada pessoal. Nem convosco nem com ninguém. Tem sido comigo, com as circunstâncias/azares/merdas/injustiças da vida que decidiram vir todas juntas e que me têm assombrado os dias. Para tentar ser mais explícita, e como entenderam pelo meu último post (...)
Sab | 03.12.16

O meu "amor pequenino" já está grande

Palavra de Bailarina
Já passou um dia desde o aniversário do meu irmão mais novo, mas não podia deixar de ter aqui esse "marco" no meu blog. Vê-lo crescer é um misto de orgulho, tristeza e felicidade. Digamos que é o mais perto que sei neste momento do que é ver um filho crescer. E não gabo a coragem às mães pelo misto de emoções que é. Mas ele merece crescer. E crescer da forma que tem crescido. Em altura (já chega, está bem) mas também em cabecinha. Há poucos como ele, e eu valorizo isso (...)
Dom | 25.09.16

Os seus 29 Outonos

Palavra de Bailarina
  Hoje, o João faz anos. Está velhinho. Mas é lindo. E o melhor do mundo. E é muito meu. MUITOS PARABÉNS ao amor da minha vida, que ano após ano só consegue aumentar o que sinto por ele <3
Qui | 21.07.16

O meu 24º aniversário

Palavra de Bailarina
O que dizer sobre o meu dia? Foi maravilhoso, não podia ter sido melhor! Como já referi, foi dos melhores aniversários que tive. Ficou muito em conta para cada pessoa e não faltou variedade de comida (até sobrou). As pessoas conviveram de um modo descontraído e consegui juntar as "minhas pessoas" num só sitio, desde os maiores aos mais pequenos, que muitas vezes em restaurantes é dificil e em casa é impossível pela quantidade de gente que era. Posso dizer que foi um aniversário (...)