Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavra de Bailarina

Para além de dançar o Mundo, gosto de escrevê-lo

Seg | 15.05.17

Sobre o filme "A Bailarina"

Palavra de Bailarina
 Ontem consegui finalmente ver o filme que esperava há uns bons meses para apreciar: "A Bailarina".A história baseia-se numa menina orfã que foge com o seu amigo para Paris na esperança de conseguir entrar para a escola de dança da Ópera. Com uma artimanha que nem ela esperava conseguir fazer, entra sem qualquer tipo de bases ou conhecimentos e vai evoluindo com a ajuda da suposta empregada de limpeza da Ópera, Odette, que um dia já havia sido uma grande bailarina também mas que (...)
Ter | 22.11.16

"Monstros fantásticos e onde encontrá-los" - Claro que já fui ver!

Palavra de Bailarina
Tenho andado adoentada, mas ainda assim não resisti.. tive de ir ver os "Monstros Fantásticos e onde encontrá-los" pouco depois da estreia. Quem é "geek" no que diz respeito ao Harry Potter, sabe que qualquer regresso do mesmo é uma comichão dificil de coçar. E apesar de saber que o regresso não era propriamente das personagens a que estou/estamos habituados, só o facto de ser o regresso do seu Mundo, por 133 minutos, já não foi mau de todo. Creio que não poderiam ter (...)
Seg | 08.08.16

"Suicide Squad" - uma boa surpresa

Palavra de Bailarina
Ontem à noite fui ver o filme "Suicide Squad", confesso que por vontade do meu namorado. Também estava curiosa, mas o entusiasta era ele.Devo dizer que fiquei positivamente surpreendida com o filme, e principalmente com alguns atores, porque sejamos sinceros... a maior parte das personagens é bastante "out of the box", e é preciso saber interpretá-las num limiar sensível entre o "pouco" e o "exagero".É um filme de ação que tanto nos prende por esse mesmo facto, como também por (...)
Ter | 23.02.16

Spotlight - um filme a não perder

Palavra de Bailarina
"Spotlight" é o mais recente filme de Tom McCarthy baseado numa história verídica que posso considerar "pior" que um filme de terror. Conta a história de uma equipa de jornalistas da Boston Globe que, a incentivo do novo editor, vão desenterrar casos de abusos sexuais a menores por parte de vários membros da Igreja Católica. O que, primordialmente, acham ser uma história para um número considerável de vítimas e esturpadores, torna-se numa história com dimensões assustadoras, (...)